nossa história

Quando falamos do Projeto Fazendo Diferença-FAZDI são tantas informações e ações que percebemos que, às vezes, fica difícil compreender a dimensão do que é feito diariamente.

Nada melhor do que iniciar contando como tudo começou. Algo interessante é que o casal fundador do Projeto FAZDI, Joel Gilberto Prudencio e Erica Benke Prudencio, nunca tiveram dificuldades com substâncias psicoativas ou até mesmo familiares muito próximos que enfrentassem essa situação. Mas não precisamos ir ou olhar muito longe para perceber que a dependência de S.P. está mais perto do que imaginamos. Às vezes está ao lado da nossa casa, na esquina ou até mesmo no ciclo familiar ou de amigos.

O presidente do Projeto começou a se inquietar em relação à esta realidade e, hoje, sabemos que talvez a palavra que mais descreve o que aconteceu é EMPATIA. Pois ele sentia o sofrimento que os familiares, principalmente as mães,  sofriam com seus filhos, ou próximos, que se perderam nesta dura realidade. Ele teve a forte percepção e preocupação com esse mundo pouco falado ou até mesmo pouco valorizado por muitos.

Lá estava esse sentimento que por muitas vezes apertavam o coração e sabemos que ele está presente em muitas famílias. São tantas sensações vividas por pessoas e familiares que vivem o contexto da dependência. Hoje, 20 anos de experiência, sabemos os desafios enfrentados diariamente por essas pessoas.

Bom, lá estava Joel e sua família inquietos e motivados a serem pessoas que fazem a diferença. Então, dia 20 de junho de 2000 nasce o Projeto Fazendo Diferença -FAZDI.

A escolha do nome do Projeto, tem tudo a ver com aquilo que os fundadores acreditam. A vida é cheia de oportunidades de fazermos a diferença na vida das pessoas, precisamos estar atentos e dispostos.

A instituição se localizava em uma casa em frente à praça Menonitas, ficamos pouco tempo por lá e logo recebemos a possibilidade de nos mudar para um terreno cedido por um familiar. E lá desenvolvemos o Projeto FAZDI por 18 anos.

Junto com o trabalho desenvolvido na Comunidade Terapêutica sempre houve paralelamente o trabalho com os familiares. Pois a recuperação necessita ser feita em seu todo. A família tem papel fundamental na história de cada pessoa. Por isso, desenvolvemos conjuntamente ações com os familiares.

Sabíamos que o acolhimento era fundamental, mas também que tão importante quanto tratar é prevenir. Se houvesse uma maior prevenção provavelmente menos pessoas estariam neste mundo das drogas.

Assim, em 2006 nasce mais uma ação do Projeto FAZDI: o Programa Semear. O qual, tem como objetivo ofertar encontros que visam a valorização da vida a crianças, adolescentes e jovens.

Por anos os acolhidos pagavam um valor simbólico pelo seu tratamento e passavam 9 meses por um Plano Terapêutico. Fomos nos capacitando, aprendendo com as experiências, fazendo parcerias e adaptando da melhor forma para que mais pessoas pudessem se recuperar.

Atualmente o FAZDI oferece suas vagas totalmente gratuitas e um Plano Terapêutico de 6 meses.

Como parte das ações desenvolvidas, o eixo Reinserção Social sempre fez parte do Projeto. Visto que uma pessoa que passa pelo Plano Terapêutico necessita ser reinserida na sociedade para que siga com autonomia em sua vida.

Há pessoas que chegam no Projeto com carreiras profissionais e outras que estão sem rumo, perderam diversas oportunidades ou até mesmo não as tiveram ao decorrer de sua história. Por isso, temos parcerias com empresas e buscamos cursos para que os acolhidos se capacitem e busquem ferramentas para serem reinseridos na sociedade.

 

Você pode conhecer mais sobre o Programa Semear em nosso site: www.projetofazendodiferenca.org

Conheça nossos parceiros em nosso site: www.projetofazendodiferenca.org

Em 2015 recebemos a concessão de um terreno da Prefeitura para que pudéssemos construir a nova sede FAZDI. Essa notícia foi como um sonho, o terreno era a possibilidade de podermos construir algo do nosso jeito, com a estrutura adequada, além de expandir nossa capacidade de atendimento.

Fomos visitar o local e era um terreno abandonado com muito lixo. E ali tivemos que ter os olhos da fé e acreditar que em breve estaríamos ali vivendo um novo momento da nossa história.

Como em todo nosso trajeto, tivemos que buscar muitos meios para construir a nova sede. Fizemos almoços e jantares beneficentes, bazar com produtos da Receita Federal e recebemos muitas doações. Cinco anos foram necessários para que pudéssemos concluir a obra e nos mudarmos.

Quando chegou o dia da inauguração os olhos brilhavam, era um sonho se realizando. Com tantos anos de trabalho, havia chegado um novo tempo na história do Projeto Fazendo Diferença -FAZDI. No dia 14 e 16  de abril de 2019 fizemos a solenidade e a inauguração da nova sede.

Alguns meses depois, todo o Projeto se mudou para o novo local e ali estamos cumprindo nossa missão diariamente.

As inquietações nunca nos deixaram, porque nos movem e nos fazem perceber que sempre há algo a ser feito e sempre  há esperança. Ao decorrer de toda história muitas pessoas se juntaram à nossa missão, somando com seu trabalho e forma de ver a vida. Sem elas não teríamos conseguido chegar até aqui.           

Trabalhar com a dependência química é um enorme desafio, por diversas questões. Talvez muitas você já saiba, como a taxa de recaídas, o preconceito, as dificuldades financeiras, de equipe e tantas outras.

Mas se existe algo que essa família tem, além da empatia, é a perseverança e a esperança. Jamais deixaremos de acreditar nas pessoas. Jamais deixaremos de saber que é possível mudar uma história, recomeçar e sonhar.

“Não passe pela vida como mero espectador, passe pela vida fazendo diferença.”

Contato

Fone: (41) 3344-6626 / 3082-6686 

E-mail:contato@projetofazendodiferenca.org

Rua Itaúna do Sul, 11 | Alto Boqueirão | Curitiba | Paraná

Copyright © 2017 Fazdi Projeto Fazendo Diferença. Todos os direitos reservados.